logo.gif










Componentes Celulares
Citoplasma

livroO citoplasma compreende um grande volume dentro da célula e é composto por uma substância viscosa que recebe o nome de  hialoplasma ou citosol. O hialoplasma contém água e moléculas de proteínas que forma uma dispersão chamada coloide. Nele, também estão inclusos componentes como o citoesqueleto, os centríolos, os ribossomos, o retículo endoplasmático, o aparelho de golgi, dentre outros.

Citoesqueleto: O citosol das células eucarióticas apresenta um quantidade enorme de tubos ocos chamados de microtúbulos. Ele também é formado por proteínas, as tubulinas. Eles possuem a capacidade de aumentar e diminuir seu tamanho. Podem-se encontrar, também, os microfilamentos formados pela proteína actina. Os dois juntos formam um verdadeiro esqueleto celular e são essenciais para manter a forma da célula e suas estruturas. O citoesqueleto também é chamado de “citomusculatura”.

Centríolos:
São cilindros que formam um ângulo reto e ficam em uma região densa do citoplasma chamada de centro celular ou centrossomo. Cada centríolo possui microtúbulos de proteínas que formam sua parede. Possuem a capacidade de duplicar-se e são necessários para a formação do fuso acromático e na formação dos cílios e flagelos.

Formação do Fuso Acromático: É formado por microtúbulos que se organizam a partir do centro da célula e é denominado centro organizador de microtúbulos. Quando ocorre a divisão celular, os cromossomos ficam atrelados ao fuso e os fios do fuso passam a alongar e encurtar para que ocorra a movimentação. Os centríolos facilitam a formação dos fusos.

Formação dos cílios e flagelos: Os centríolos são obrigatórios para que ocorra a formação de cílios e flagelos. Eles são formados por uma cadeia de microtúbulos e proteínas e sua base é formada por uma estrutura parecida com o centríolo com corpo basal. Os cílios e flagelos fazem parte da estrutura de algas, protozoários e de algumas células animais.

Ribossomos: Esse componente é formado por grãos de RNA e proteína. Está presente nas células procarióticas e eucarióticas; nas procarióticas, eles ficam livres no hialoplasma ou associado ao retículo endoplasmático rugoso. Já nas células procariontes, cada ribossomo possui duas subunidades que têm tamanhos e densidades diferentes. É nesse componente que ocorre a síntese das proteínas e é feita com a junção de aminoácidos, sendo que esse procedimento é comandado pelo RNA. Esse recebe a ajuda do polirribossomo para que comande os aminoácidos da proteína em sequência.